domingo, 19 de novembro de 2017

Circuito FPBX - João Pessoa



A 2ª Etapa do Circuito FPBX - Um por todos, todos por um ( circuito contando com seis etapas),  será em João Pessoa, mais precisamente no Esporte Clube Cabo Banco, em sua sede no bairro de Miramar, na tarde do dia 14 de janeiro (domingo), começando às 14 horas. Serão 6 rodadas com 15 minutos nocaute e vale Rating FIDE Ativo. A inscrição é de 30 reais. Cadastrado na Federação Paraibana de Xadrez, paga 20 reais. Sub 18 paga 20 reais e cadastrado,  10 reais. 

Como sabemos, a 1ª Etapa foi realizada no último dia 15, na cidade de Campina Grande, no ginásio do Clube Campestre e teve como vencedor o pessoense Luiz Antonio Tomaz, que está classificado para a Fase Final, que será realizada em Alagoa Grande, em novembro de 2018. 

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Boletim FPBX/ 001: prestando contas

Na condição de diretor do Circuito FPBX - Um por todos, todos por um - , informo que a 1ª Etapa, realizada em Campina Grande, no último dia 15 de novembro, reuniu 26 jogadores. Desses, 24 pagaram 20 reais por inscrição, e 02 pagaram 10 reais, somando assim 500 reais de receita. A despesa foi oriunda das duas taxas pagas à CBX/FIDE nos valores de 100 reais e 104 reais *(taxa de  torneio/ativo e taxa por cada jogador) somando 204 reais. Portanto, a FPBX teve uma receita líquida de  296 reais. Não está computado nessa prestação de contas os valores que novos jogadores (10 reais anual/por jogador) pagaram para o cadastro na FPBX, mas o interessado pode saber no painel que é atualizado todo domingo no blog da Federação Paraibana de Xadrez. 

* Os 104 reais serão depositados na conta da CBX logo que chegue o boleto.

Fernando Melo, Diretor do Torneio.

Todos na foto!

VALEU A ESPERA! FORAM DIAS DE EXPECTATIVA, OLHANDO PARA O CALENDÁRIO, QUERENDO VER O DIA CHEGAR LOGO. CERTA ANSIEDADE. O CUIDADO PARA TUDO CORRER BEM, MESMO SABENDO QUE PODIA ACONTECER ALGUM IMPREVISTO, COMO DE FATO OCORREU, POIS, MESMO RESSALTANDO O EXCELENTE NÚMERO DE PARTICIPANTES DE CAMPINA GRANDE, NO GERAL,  CONTÁVAMOS COM UM NÚMERO BEM MAIOR DE ENXADRISTAS, INCLUSIVE DE CIDADES VIZINHAS À CAMPINA GRANDE E MESMO DE JOÃO PESSOA, QUE NÃO FOI O NÚMERO IDEAL PELAS NOSSAS PREVISÕES. MAS ISSO É PERFEITAMENTE NORMAL E O QUE IMPORTA É QUE O CIRCUITO CAMPINA GRANDE FOI UM SUCESSO. O PONTA-PÉ INICIAL FOI DADO E A PRÓXIMA ETAPA SERÁ EM JOÃO PESSOA, NO DIA 14 DE JANEIRO DE 2018, UM DOMINGO, NO ESPORTE CLUBE CABO BRANCO. A FOTO REGISTRA A PRESENÇA DOS 26 JOGADORES, ALÉM DO DIRETOR E DO ÁRBITRO! 

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Os vitoriosos!

A Federação Paraibana de Xadrez (representada por Fernando Melo e Ivanilsom Pereira), o campeão Luiz Antonio Tomaz (representando os jogadores) e o Clube Campestre, representado pela gerente Cidinha, foram, na verdade, os grandes vitoriosos desse I Circuito FPBX - Etapa Campina Grande.
Um passo histórico nessa caminhada pela interiorização do xadrez paraibano.
Juntos somos mais fortes!

Café São Braz apoia o Xadrez

Todo enxadrista, principalmente quando está concentrado numa partida de torneio, adora tomar um cafezinho! Isso é aqui e alhures. E quando se trata do café São Braz, até parece que a inspiração aumenta e o jogador volta ao tabuleiro com mais energia. Daí a nossa felicidade do Clube Campestre, através do seu presidente Alex Marcolino, ter feito essa parceria com o
 Café São Braz, e assim servir os participantes desse I Circuito FPBX - Etapa Campina Grande.

Realizado Circuito FPBX - Campina Grande

Dirigentes do Circuito em Campina Grande: Fernando Melo e Ivanilsom Pereira
Com a participação de 26 enxadristas, sendo 19 de Campina Grande, 5 de João Pessoa, 1 de Alagoa Grande e 1 de Baraúnas, foi realizado ontem, 15 de novembro, no Clube Campestre, a 1ª etapa do I Circuito FPBX - Um por todos, todos por um, valendo Rating-FIDE Rápido, com 6 rodadas e 15 minutos nocaute (10m+5s). A direção foi de Fernando Melo e arbitragem do AR Ivanilsom Pereira. A gerente do Clube Campestre, Laudeci Simões(Cidinha), representou o presidente Alex Marcolino, na cerimônia de encerramento.

A classificação final ficou assim conhecida:
Fernando, Tomaz e Cidinha

1º) Luiz Tomaz, 6 em 6, 2º) Rafael Wanderley, 5, 3º/8º) Evandro Rodrigues, Thiago Ribeiro, Fagner Lima, Doriedson Lemos, Antonio Gomes, João Tejo, todos com 4 pontos, 9º/11º)  Fabson Palhano, Robson Pequeno, Lincoln Oliveira, todos com 3,5 pontos,  12º/16º) Antonio Dutra, André Luis, Antonio Sobral, Francisco Neris, Hamilton Nobrega, todos com 3 pontos, 17º) Rodrigo Canonico, 2,5, 18º/24º)  Vinicius Canonico, Eny Moura, José Leonardo, Genildo Gomes, Marcos Oliveira, José Arimateia, Adalberto Monteiro, todos com 2 pontos, 25º)  Marcelino Maciel, 1 ponto, 26) Artur Santos não pontuou.     
Dirigente e jogadores do Circuito FPBX, Etapa de Campina Grande, no Clube Campestre 

terça-feira, 14 de novembro de 2017

É amanhã!

I Circuito FPBX - Um por todos, todos por um!


no Clube Campestre
em Campina Grande
15 de novembro
às 14 horas

sábado, 11 de novembro de 2017

Um belo troféu!



O vencedor do I Circuito FPBX - Um por todos, todos por um, etapa Campina Grande, vai levar para casa esse rico e belo troféu (foto), numa doação do presidente do  Clube Campestre de Campina Grande, Alex Marcolino.


O torneio, que valerá Rating FIDE-Ativo, será realizado no ginásio do Clube Campestre na próxima quarta-feira , 15 de novembro, feriado da Proclamação da República, e reunirá enxadristas de várias cidades da Paraíba. 


A direção é de Fernando Melo e arbitragem do AR Ivanilsom Pereira. Veja Regulamento no fpbxadrez.blogspot.com.br. As inscrições se encerram às 13 horas do dia 15, no local dos jogos. A primeira rodada, num total de 6, começa, impreterivelmente às 14 horas, com o tempo de 15 minutos nocaute, ou 10m+05s. 

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Unidos pela reforma!


A experiência tem mostrado que é inútil reformar alguma coisa exprimindo apenas suas ideias pessoais. Não encontrará eco. Sabemos e estamos conscientes de que um homem só , por mais que ele se empenhe, é impotente para  agitar suas ideias junto a uma comunidade, principalmente se ela não sentir a vibração dessa reforma.


A comunidade enxadrística tem seus pontos positivos e negativos, como toda sociedade. É preciso conquistar os espaços, passo a passo, "as grandes renovações sociais jamais chegam bruscamente; como as erupções vulcânicas, são precedidas por sintomas percursores. As ideias novas germinam, então em efervescência numa porção de cabeças; a sociedade é agitada por uma espécie de estremecimento, que a põe a espera de alguma coisa. É nesse movimento que surgem os verdadeiros reformadores, que assim se veem como representantes, não de uma ideia individual, mas de uma ideia coletiva..."

Portanto, muitos enxadristas estão alertas e atentos para essa nova Federação Paraibana de Xadrez, e acreditamos que as ideias, que não param de surgir de vários recantos do Estado, estão chegando em boa hora e certamente serão aproveitadas.

O primeiro grande exemplo é esse Circuito FPBX - Um por todos, todos por um! Começa dia 15 de novembro em Campina Grande, passando por João Pessoa, Esperança, Conde, Bananeiras, Patos, e concluindo com a grande final em Alagoa Grande. O leitor pode muito bem avaliar que toda essa preparação é fruto de muitas cabeças pensantes e de muitos apoiadores. É assim que se faz, é assim que está se fazendo, é assim que será feito porque - Juntos somos mais fortes! 

domingo, 5 de novembro de 2017

Para colecionadores!

RELÓGIOS ANTIGOS. POR R$ 250,00 A UNIDADE.
A RENDA SERÁ PARA A EDIÇÃO DO NOVO LIVRO DE FERNANDO MELO

sábado, 4 de novembro de 2017

Duas forças unidas!

REINO DE CAISSA e FPBXADREZ 
SABEM QUE 
JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!

PARAIBANO 2017 - REGULAMENTO



R E G U L A ME N T O


1) LOCAL


FUNDAÇÃO CASA DE JOSÉ AMÉRICO
Av. Cabo Branco, nº 3336, Cabo Branco, CEP 58045-010 – João Pessoa - PB
Em frente à Praia Cabo Branco
Fone: (83) 3214-8523 – 8816-9568
Site: www.fcja.pb.gov.br



2) ORGANIZAÇÃO, DIREÇÃO, ARBITRAGEM E APOIO

Organização: Federação Paraibana de Xadrez (FPBX)
Direção: Fernando Sá de Melo
Arbitragem: AR Ivanilsom Silva, auxiliado por AA Antônio Dutra

3) OBJETIVOS

- Definir o Campeão Paraibano de Xadrez de 2017;
- Formar e movimentar ratings CBX e FIDE;

4) SISTEMA, RITMO DE JOGO E EMPARCEIRAMENTO

Sistema: Suíço em 06 rodadas;
Ritmo: 2h nocaute (relógio analógico) ou 1h30min + 30 segundos por lance (relógio digital);
Programa de Emparceiramento: Swiss Manager.

5) CRITÉRIOS DE DESEMPATE

1º - Resultado Individual [11]
2º - Buchholz com corte do pior resultado [37]
3º - Buchholz sem corte [37]
4º - Maior número de vitórias [12]
5º - Maior número com peças pretas [53]
6º - Sorteio

6) PROGRAMAÇÃO

Dia 08.12, sexta-feira
08h45min - Congresso Técnico
09h00 – I Rodada
15h00 - II Rodada

Dia 09.12, sábado
09h00 - III Rodada
15h00 - IV Rodada

Dia 10.12, domingo
09h00 - V Rodada
15h00 - VI Rodada
Premiação e encerramento logo após o término da VI rodada.

7) PREMIAÇÃO: R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais)

Premiação Geral

Lugar:              R$ 500,00 + troféu
2º Lugar:              R$ 400,00 + medalha
3º Lugar:              R$ 300,00 + medalha
U1800:                  R$ 100,00 + medalha

Premiação Sub-16:      1º Lugar   R$ 100,00 + medalha

Premiação Feminino:  1º Lugar  R$ 100,00 + medalha

Observações:
a) A premiação não será cumulativa.
b) Categoria Sub-16: Enxadrista que tiver até 16 anos ou só completar 17 anos em 2017.

8) VAGAS, INSCRIÇÃO E CADASTRO CBX

Número de vagas: Até 60 (sessenta) participantes.
Período de inscrição: De 04 de novembro de 2017 até 07 de dezembro de 2017.
Valores da taxa de inscrição:      Masculino absoluto: R$ 60,00 (sessenta reais)
Feminino e Sub-16:   R$ 30,00 (trinta reais)

Obs.:
a) Os integrantes das categorias Feminino e Sub-16 estão dispensados da anuidade CBX;
b) Enxadristas titulados ou enxadristas a partir de 60 anos, pagam R$ 30,00 (trinta reais), 50% do valor da taxa de inscrição. A taxa a ser paga com desconto de 50% não será cumulativa.

O valor da inscrição deverá ser pago, por meio, exclusivamente, de depósito identificado ou de transferência bancária, para a seguinte conta:

Banco do Brasil S/A
Agência 3502-5
Conta 17.388-6
Favorecido: Federação Paraibana de Xadrez

A inscrição estará garantida com o envio para: antoniodutra77@gmail.com, até o dia 07 de dezembro de 2017, dos seguintes dados:

-Nome completo;
-Sigla da federação;
-Respectivas Ids da CBX e da FIDE (para quem tem registro na FIDE);
-Comprovante de pagamento de inscrição.

Obs.: Os jogadores da categoria masculino absoluto precisam estar em dia com a taxa de anuidade da CBX.

9) TOLERÂNCIA E BYE AUSENTE

Para os jogadores será tolerado atraso de até 1 hora, após o início das rodadas.

Será permitido bye ausente com 0,5 ponto apenas na primeira rodada, se solicitada pelo e-mail antoniodutra77@gmail.com, até o dia 07 de dezembro de 2017.

10) MATERIAL DE JOGO

O jogador condutor das peças brancas deve apresentar o jogo de peças tamanho oficial, enquanto o condutor das peças negras deve apresentar o relógio, em perfeito estado. Os relógios digitais DGT terão preferência.

11) COMITÊ DE APELAÇÃO E RECURSO

Comitê: Constituído de um presidente, dois membros titulares e dois suplentes eleitos no Congresso Técnico.

Recursos: Reclamação relacionada com o desenvolvimento do torneio deverá ser formulada por escrito e entregue ao árbitro principal, no prazo máximo de meia hora a contar da ocorrência do fato. Da decisão do árbitro, cabe recurso ao Comitê de Apelação, observado o ritual estabelecido pela FIDE. Para solicitar recurso deve ser depositada ao diretor geral a taxa de R$ 300,00 (trezentos reais), que só será reembolsada ao reclamante em caso de decisão do Comitê que lhe seja favorável, ou que seja considerada justa a sua motivação, pelo Comitê.

12) CONSIDERAÇÕES ESPECIAIS

a) Durante a partida, é proibido ao jogador portar celular e/ou outro meio eletrônico de comunicação ou qualquer outro dispositivo capaz de sugerir-lhe lances na área de jogo. Se for evidente que o jogador trouxe tais equipamentos eletrônicos para o ambiente de jogo, deverá perder a partida. O oponente deverá vencer. Será permitido, entretanto, armazenar telefone celular em uma bolsa do jogador, desde que o dispositivo esteja completamente desligado. O jogador, contudo, está proibido de carregar a bolsa tendo consigo tal dispositivo, sem a permissão do árbitro;

b) Os jogadores deverão portar caneta e zelar pela correta anotação das partidas nas súmulas;

c) Durante a rodada será proibido ao jogador se ausentar do ambiente de jogo sem a autorização do árbitro;

d) Serão terminantemente proibidas as análises post mortem na área de jogo;

e) Serão permitidas fotos na área de jogo somente nos primeiros vinte minutos da rodada;

f) Será expressamente vedada bebida alcoólica e fumo dentro da área de jogo;

g) O ambiente de jogo é composto pela área de jogo, banheiros, área do café e água.

h) No torneio será aplicado o Apêndice G das Leis de Xadrez da FIDE, atualmente em vigor.

13) CONTATOS

E-mail: antoniodutra77@gmail.com (Antônio Dutra)
Celulares: (83) 98740-1819 (Antônio Dutra); (83) 988684225 (Petrov Baltar); (83) 993545301 (Ubirajara Barros).

14) DIVULGAÇÃO DO TORNEIO

Internet (www.reinodecaissa.blogspot.com.br, entre outros), jornais, periódicos, televisão etc.

15) DISPOSIÇÃO FINAL

Os casos omissos serão decididos pela direção do evento. A inscrição neste torneio implica plena aceitação deste regulamento.

João Pessoa (PB), 02 de novembro de 2017.

Fernando Sá de Melo

DIRETOR

Circuito FPBX de Xadrez Rápido - Campina Grande

Com o torneio já devidamente registrado na CBX/FIDE e com o Ofício da Federação Paraibana de Xadrez já recebido pela diretoria da Clube Campestre de Campina Grande, solicitando as dependências do ginásio para o dia 15 de novembro próximo, a primeira etapa do I Circuito FPBX - Um por todos, todos por um,  entra assim na sua contagem regressiva para a sua realização e que será dirigido por  Fernando Melo e arbitrado por Ivanilsom Pereira. 

Chamamos a atenção do enxadristas que vão participar para a devida inscrição. Os já cadastrados na FPBX, pagam 20 reais. Os não cadastrados pagam 30 reais e terão direito ao cadastro. Os sub18 cadastrados pagam 10 reais e 20 reais para os não cadastrados, mas que terão direito ao cadastro.

Lembramos que o torneio encerra suas inscrições às 13 horas no local do evento. É preciso honrar esse horário para que o árbitro tenha tempo para o emparceiramento, uma vez que o torneio com 6 rodadas e tempo de 15 minutos nocaute (ou 10m+5s) vai começar às 14 horas impreterivelmente.

Quem quiser fazer a inscrição via internet, deposite o valor da inscrição na conta da Federação: Banco do Brasil S/A - C/C 17388-6, Ag. 3502-5, e informe ao diretor do torneio com o comprovante do depósito pelo e-mail: melofernandoantonio@gmail.com.

Importante: Todos os participantes devem estar cadastrados na CBX, uma vez que vai valer Rating FIDE Ativo.

Por fim, lembramos que cada jogador dele levar seu jogo de peças e relógio. 

OBS: Vejam aqui o Regulamento do evento. E não esqueçam: Juntos somos mais fortes! 

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Camiseta da FPBX



     ADQUIRA  A CAMISETA POR 30 REAIS
 AJUDE O JORNALISTA FERNANDO MELO
 PUBLICAR SEU NOVO LIVRO
A HISTÓRIA DA FPBX - SET/2017-JAN/2018
TODA A RENDA DO LIVRO SERÁ PARA
 A FEDERAÇÃO PARAIBANA DE XADREZ

A importância do xadrez nas escolas

CENTRO DE ESTUDOS BOBBY FISCHER
(Anexo do fpbxadrez.blogspot.com.br)
Diretor: Fernando Melo

////////////////////



PROJETO DE XADREZ
Os benefícios do xadrez para a educação e formação do aluno 
Por Rodrigo Trevesian
(São Paulo-SP - 2017)

5 - A fim de democratizar e divulgar o xadrez escolar, a Federação Internacional de Xadrez(FIDE) e Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e a Cultura por volta de 1986 criaram Comittee on Chess in Schools(CCS), em português significa Comissão de Xadrez nas Escolas. Tal importância deste conteúdo que ao decorrer dos anos alguns países passaram a incentivar o xadrez escolar, como cita Klein (2003)
Alguns países tem levado o xadrez muito a sério na formação dos seus cidadãos e na melhoria da qualidade de suas crianças. Serão citados apenas três países que tomaram atitudes proativas e direcionadas.
É o caso da França que desde 1976 patrocina competições escolares e incentiva o ensino de xadrez como atividade socioeducativa de estimulação cognitiva e de estudo dirigido.
A Rússia é conhecida em todo o mundo como excelência no ensino e por formar uma legião de jogadores de competição. A partir da década de 80, a influência dos astros e campeões mundiais Kasparov e Karpov, fazia com que seus torneios escolares tivessem a participação de milhares de crianças, e, atualmente, devido a final do mundial de 2016 entre os jogadores Magnus Carlsen(Noruega) e Sergey Karjakin(Rússia), o Presidente da Rússia, Vlademir Putin, disse que "é necessário desenvolver o xadrez em todo o país porque se orgulha de sua própria escola de xadrez e dos mestres antigos e atuais. (http://www.chess-in-schools.org/news/2016/12/26/--1).
A Hungria reserva lugar de destaque para as atividades enxadrísticas escolares com a participação ativa dos país. As irmãs Judith, Susan e Sofia Polgar juntamente com o ex-prodígio Peter Leko são os principais nomes do país.
A cada ano, nota-se um significado aumento no número de escolas que vêm oferecendo cursos de xadrez para os seus alunos. Em parte, isso se deve aos profissionais da área, que convencidos da sua proposta, oferecem seus serviços nas escolas, mas fundamentalmente, esse fenômeno se dá porque cada vez mais , orientadores educacionais veem no xadrez uma importante ferramenta pedagógica que pode ser utilizada em benefício do desenvolvimento da criança e do adolescente.
De acordo com Gilberto Milos, renomado enxadrista campeão brasileiro.e de tantos eventos importantes no cenário nacional e internacional, para tirar proveito de sua função educativa é de fundamental importância que o xadrez, pensando num público infanto-juvenil, seja organizado numa escola ou clube com o intuito de que os discentes alcancem os seguintes objetivos:

-Aprender a elaborar um hipótese e, com isso, planejar uma ação;
-Adquirir hábitos de perseverança e domínio da vontade;
-Perceber os mecanismo da atenção e concentração;
-Exercitar diferentes tipos de memória, em especial a visual;
-Aprender a fundamentar alternativas após identificá-las com clareza;
-Classificar alternativas e estabelecer com elas sequências lógicas;
-Liberar processos de fantasia na criatividade;
-Aceitar o confronto como método de avaliação de progressos;
-Valorizar as atitudes de meditação para a produção intelectual.

Em Xadrez a Guerra Mágica, o autor também faz sua síntese sobre a prática regular e orientada do jogo de xadrez apontando para o fato de que ela desenvolve harmonicamente as faculdades mentais, forma o que denomina espírito prático (as derrotas são lições para futuras vitórias) e a integração da personalidade, além de facilitar a tendência a uma conduta ética e científica.
Estudos realizados por Diakov, Ptrovsky e Rudik, (Rússia 1925) concluíram sobre o Grande Mestre de xadrez que os fatores do talento estavam baseados numa excepcional memória visual, poder combinatório, velocidade de cálculo, poder de concentração e raciocínio lógico. Vários investigadores opinam que o xadrez não somente requer essas qualidades como também tem poder de tornar tais potencialidades em realizá-las. Segundo John Artise ("Chess-and-Education", 1972), os estímulos visuais tendem a melhorar a memória em maior proporção que ouros estímulos e afirma que: (...) O Xadrez é sem dúvida um excelente treino para a memória, cujos efeitos xsão transferíveis para outras atividades que requerem memória".
Os escritores e enxadristas Felix Sonnenfeld e Idel Becker classifica o xadrez como Jogo à medida que é esporte, competição, expectativa, divertimento, Ciência no tocante à ética, estudo, pesquisa, descobrimento, criação e por fim Arte quanto à beleza, emoção, admiração e harmonia.