domingo, 31 de dezembro de 2017

Torneio de Tática

A partir do dia 10 de janeiro de 2018 e em todas as quartas-feiras seguintes, às 20 horas, teremos na Academia de Xadrez Caldas Vianna, organizado pela Federação Paraibana de Xadrez, o TORNEIO DE TÁTICA.

Serão oito jogadores por etapa com ELO abaixo de 1900, que irão disputar, cada um com seu tabuleiro, os oito testes apresentados pelo Diretor Torneio, num prazo de 10 minutos por posição.

Será cobrada uma taxa de 10 reais por etapa, e ao final de oito etapas (a primeira etapa é no dia 10 de janeiro), haverá uma final com os vencedores de cada etapa, quando serão distribuídos prêmios.

Aguardem o Regulamento do Torneio que irá definir como deverá se comportar cada jogador durante as etapas.

Além da confraternização enxadrística, o torneio visa o estudo de tática, necessário para o aprimoramento do enxadrista.  

As inscrições já estão abertas. Falar com Fernando Melo pelo fone 3226.2685 ou e-mail melofernandoantonio@gmail.com.
OBS: Os interessados devem trazer jogo de peça.

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Protetores da FPBX

Dr. Eny Moura apaixonado pelo xadrez

Na tarde noite de ontem, depois de quase 3 horas conversando com  o Dr. Eny Moura, Procurador de Justiça, sobre os destinos da futura gestão da Federação Paraibana de Xadrez,  verifiquei que toda aquela troca de ideias, de pensamento positivo, de sugestões, de entendimento, visava simplesmente fortalecer essa instituição caissiana. 

Fui me recolher para um descanso e ali, no silencio do meu quarto, me surgiu a ideia de se criar um departamento logístico,  que poderá ser chamado de Protetores da FPBX.


Formado por 10 enxadristas abnegados e dispostos a defender a bandeira da Federação Paraibana de Xadrez em todos os seus momentos. Esse Protetores funcionarão como braço de apoio da Diretoria Executiva da FPBX, mas com independência para defender a soberania da Federação.

A futura Diretoria da FPBX vai analisar a proposta de se criar esse Departamento. Caso seja aceita pela maioria, será elaborado regras especificas que se juntarão aos Estatutos da Federação. 

Benefícios do Xadrez nas Escolas


Kaluan Bernardo 
23/11/2016

O Xadrez, jogo milenar e dos mais populares do mundo, é muito mais que isso. É também esporte, reconhecido pelo Comité Olímpico Internacional; símbolo de épocas e nações (foi marco importante na Guerra Fria) e, nas escolas, uma ótima ferramenta de educação para crianças.


Adriano Caldeira

Há uma extensa literatura acadêmica que acompanha o potencial pedagógico do xadrez. Entre os benefícios estão o desenvolvimento do pensamento lógico, aumento de atenção e concentração, imaginação, criatividade, amadurecimento do julgamento e do planejamento, capacidade de antecipar fenômenos, desenvolvimento da vontade de vencer, da paciência e do autocontrole, defende Antonio Caldeira, mestre pela Federação Internacional de Xadrez (FIDE) e autor do livro Para aprender a ensinar xadrez na escola.

"O Xadrez molda o caráter. Ensina a lidar com sua própria frustração, a conhecer suas virtudes e seus limites, a saber onde começa o seu limite e onde começa o do outro. Ensina também respeitar o adversário, a agir com cavalheirismo. Os resultados são imediatos. A criança passa a pensar em objetivo final, aprende a estudar com método", comenta.

Importância reconhecida

Adriano não está sozinho em sua defesa. No Brasil, o Ministério da Educação já reconheceu em diversas oportunidades os benefícios do Xadrez. Governos municipais e estaduais promovem diferentes campeonatos e programas de ensino. "Na rede municipal de São Paulo há 49 mil crianças tendo aula e mais mil professores capacitados para trabalhar com esse projeto nessa área. Há alguns anos que o campeonato municipal das escolas tem mais de 20 mil participantes", diz.

O Parlamento  Europeu, em 2016, recebeu a conferência Chess in Schools (Xadrez nas Escolas) com o objetivo de discutir as práticas educacionais do esporte. O programa,criado em 2014, já foi testado em mais de 17 mil escolas e com 1 milhão de crianças.

Países como Armênia, Índia, Turquia e Noruega investem cada vez mais no jogo com o objetivo de produzir futuros campeões. Muitos se inspiram em um conjunto de pesquisas produzidos pelo Quiad Citles Chess Club in America, que mostra os benefícios do xadrez na educação.

Não há outra atividade que custe tão pouco para organizar e que derrube tantas barreiras. Idade, sexo, raça, religião... eles não significam nada no xadrez . Qualquer um pode aproveitar. Aproximadamente 500 milhões de pessoas de 167 países jogam o jogo e apenas o futebol pode rivalizar com isso" comenta Malcolm Pein, jornalista e mestre enxadrista, ao jornal The Guardian.

Como ensinar

Há uma idade certa para ensinar Xadrez nas escolas? Sim, quando a criança aprende a amarrar os sapatos, que é quando ela está desenvolvendo inteligência abstrata", responde Adriano.

Mais do que tomar cuidado com as idades é necessário capacitar corretamente os professores para que ensinem com método, acompanhando a evolução individual dos alunos e cuidando para que eles não se desmotivem. Adriano acredita que, quando as crianças são menores, a aceitação do xadrez é maior do que quando se tornam adolescentes e passam a se interessar por outras coisas.

Se você perde a disciplina dos alunos ou o controle da sala de aula, você dificilmente irá recuperar isso depois", diz. "É preciso ter a metodologia correta e oferecer desafios para as crianças - porque elas gostam de desafios. É preciso também ensinar o trabalho em equipe, porque muitas vezes a criança aprende muito melhor com outra criança", conclui.

"Há ainda alguns que gostam de estudar, mas não gostam de jogar porque têm medo", diz. "Nesses casos, o jogo pode ensiná-los a lidar com a frustração e promover a competição saudável. "Crianças que estuam xadrez não têm branco no vestibular", comenta. Ele defende que no jogo não há condescendência do professor, que pode dar meio certo para uma resposta."Basta uma jogada errada para você perder tudo. O seu oponente, diferente do seu professor, está ali para impedir sua vitória", exemplifica para ilustrar semelhanças com a vida adulta.

Para conquistar tais benefícios, no entanto, não basta ensinar apenas o básico do Xadrez. É necessário que os estudantes se aprofundem na prática, indo da concentração à contemplação - o estágio onde começam a imaginar e criar muito mais.

Além disso, defende Adriano, o jogo se difere da educação tradicional porque, além de lidar com os sentidos das crianças, também atua no campo simbólico e emocional. " O Xadrez tem muito simbolismo. As peças, tudo, vem mudando desde a Idade Média para representar a sociedade," diz. Um exemplo: Na Idade Média não existia a peça da rainha, era a do primeiro ministro. Quando a mulher passou a ganhar mais visibilidade, e as rainhas se tornaram mais, a peça mais poderosa do jogo se tornou uma mulher.

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Cada vez mais perto!

Casarão da Cultura Dom Vital




Fernando Melo e Edillon Lima, em Juripiranga

Caro Mestre
Fernando Melo
Boa tarde!
Com relação à matéria tenho acompanhado diariamente suas publicações nos Blog Reino de s Caissa e FPBXadrez. Gostei muito da matéria que o Sr. menciona Pedras de Fogo-PB e sobre nosso diálogo em Juripiranga-PB.

Estou vendo junto ao Secretario de Educação e Esportes uma data para que o Prefeito possa recebê-los e conversar sobre a parceria entre o Município de Pedras de Fogo e a FPBX. Sobre a realização da Simultâneas convencionais e às cegas durante as festividades do Forró Fogo e Festa de Emancipação Política deste município com data prevista para os dias 5 ou 6 de maio de 2018 e até mesmo um torneio de xadrez com nome Dom Vital Maria Gonçalves de Oliveira, a pessoa mais ilustre de Pedras de Fogo e amigo daquele que foi o presidente do primeiro Clube de Xadrez do Brasil, Machado de Assis.

"Nenhum lutador mais impetuoso, mais tenaz e mais capaz que D. Vital,  bispo de Olinda, e a impressão que este me deixou foi extraordinária" - Machado de Assis

Também mencionei que seria importante que tivéssemos a presença de você no final do ano de 2018 para realizar a culminância do Projeto Xadrez na Escola com um Torneio Escolar de Xadrez, pelo ao menos participarem  da final com a entrega da premiação. Nesse caso a data seria previamente agendada para não afetar o Calendário da Federação Paraibana de Xadrez. 

No sia 14 de janeiro estarei no Clube Cabo Branco para prestigiar sua posse e levar minha filiação. Filiação do primeiro enxadrista Pedrafoguense na Federação Paraibana de Xadrez-FPBX. Creio que seja.
Atenciosamente,
Edillon Lima

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Amor e superação ...

...viram marca em curso de Xadrez, em Itabuna-BA

Jornal Bahia Online
Professor Ailton: realizando um sonho!

A Casa das Artes - Unidade Centro está funcionando desde março de 2014 e desde então,os mais de 21 cursos oferecidos pela instituição, todos gratuitos, estão mudando a vida dos itabunenses e dos cidadãos da região. O xadrez é um dos cursos que vem ganhando um bonito destaque, não somente pelo jogo, mas pela história de superação e experiência que o professor Ailton José da Silva tem levado para a sala de aula. Em uma conversa sobre seu percurso, pessoal e profissional, Ailton conta: "Estou aqui realizando um sonho". Com 44 anos e deficiências físicas, ele fala de como vê suas limitações e o motivo pelo qual escolheu o xadrez como atividade profissional e destaca a importância da Casa das Artes nessa realização.



"Aprendi a jogar xadrez com cinco anos de idade, e passei a minha  adolescência jogando, inclusive profissionalmente. O xadrez é encantador. Além de exercitar a memória e o raciocínio, ele trabalha o comportamento. É básico no xadrez saber ganhar, perder, aprender a respeitar o adversário, no xadrez é impossível trapacear. E isso não é nada forçado, eu não os doutrino, eles aprendem e quando eu vejo já está pronto, eles estão prontos", explica o professor

O professor Ailton fundamenta que o xadrez existe a 1400 anos, e desde então, o ser humano vem aperfeiçoando essa forma lúdica de brincar. Ao mesmo tempo, o xadrez ajuda a mente humana de forma a acelerar a memória, o raciocínio e as capacidades cognitivas. E acrescenta dizendo, que o xadrez no Brasil nunca foi bem difundido, enquanto em alguns países, como França e Holanda, o xadrez é obrigatório nas escolas. E salienta: "Esse passo que estamos dando na Casa das Artes é um passo enorme, talvez dezenas de anos que estamos avançando na nossa educação".

O curso de Xadrez e a história do professor Ailton inspiram também a superação dos alunos. Há um aluno que chegou na Casa das Artes acompanhado pela mãe, com o desejo de fazer algum curso que ocupasse o seu empo e ajudasse na sua melhora e desenvolvimento. A mãe relatou que, por conta de um acidente, o seu filho havia desenvolvido uma sério problema de concentração. A Casa das Artes então indicou o Xadrez. E ele foi! Na verdade é o primeiro da turma a chegar, sempre pontualmente. "No começo,ele entrava na sala, e após alguns breves minutos já estava ele rondando a Casa inteira, sem conseguir se concentrar. Pacientemente eu o respeitei e o deixei livre para procurar outros cursos na Casa., e voltar para a aula de Xadrez quando tivesse vontade. Até que um dia ele jogou duas horas seguidas com a maior satisfação e quando chegou ao fim, perguntou: "é só isso professor?", complementa Ailton com um sorriso.

O professor explica ainda, que tem casos de mães que o procuram durante as aulas para relatarem que os seus filhos estão melhorando em matemática, e até no próprio comportamento e concentração. "Uma chegou a disparar que estava gostando das aulas porque eu estava servindo de exemplo para eles", conta entusiasmado.

Ailton fala ainda dos problemas, das dificuldades encontradas e suas limitações. É quando ele respira forte e responde: "Todos nós temos problemas, alguns mentais, outros físicos, financeiros, mas o maior deles é você criar limites. Eu procurei sempre não criar os meus limites, querer fazer e me propor a fazer, eu quero fazer, eu posso fazer. E aqui na Casa das Artes estou realizando um sonho" finaliza o professor.

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Circuito no ECCB


Gilberto mostra a Fernando o local do torneio









Estivemos na manhã hoje visitando o local da II Etapa do Circuito FPBX -Um por todos, todos por um, e que será no salão onde se realiza o tradicional Jantar Dançante, no Esporte Clube Cabo Branco. Na oportunidade, eu e Fernando Sá, fomos recebidos pelo presidente do Cabo Branco, Gilberto Rui, onde foi definido os pontos principais do evento. A data, 14 de janeiro, um domingo, começando impreterivelmente às 14 horas e se encerrando por volta das  17h30m. 

As inscrições já estão abertas para 50 vagas, número máximo que será permitido. Os interessados devem procurar Fernando Melo, pelo telefone 3226 2685, ou e-mail melofernando antonio@gmail.com.

Lembramos que o torneio vale Rating FIDE-Ativo e a taxa de registro já foi devidamente paga à CBX. O campeão receberá troféu e o vice e terceiro lugar, medalhas, ofertados pelo Clube Cabo Branco. O torneio contará de 6 rodadas, com 15 minutos nocaute, ou 10 m + ( 5s por lance). Os jogadores devem portar jogo de peças e relógio e chegar ao local dos jogos 30 minutos antes do início da primeira rodada, portanto às 13h30m. A inscrição é de 30 reais com direito ao cadastramento da FPBX. Os cadastrados pagam 20 reais. Menor de 18 anos, paga 20 reais com direito ao cadastro e os cadastrados pagam 10 reais.

domingo, 24 de dezembro de 2017

Salve o xadrez das mulheres!

Feliz Natal a todas as mulheres enxadristas da Paraíba e se preparem porque em 2018 vamos ter , organizado pela Federação Paraibana de Xadrez, o I Campeonato  Paraibano Feminino, valendo Rating FIDE!

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Boletim FPBX/0003 - Prestando contas




A Prefeitura Municipal de Juripiranga, através do seu Departamento de Finanças, depositou ontem nas contas bancárias de Luiz Tomaz, Marcos Valério e Ivanilson Pereira, os valores respectivos de R$ 300,00, R$ 200,00 e R$ 150,00, referentes ao Campeão, Vice Campeão e Arbitragem da II Copa Caldas Vianna 2017. 

Esse valor total de R$ 650,00 (seiscentos e cinquenta reais) foi previamente estabelecido em reunião com o prefeito Paulo Dalia e o diretor do torneio Fernando Melo, que na oportunidade representava a Federação Paraibana de Xadrez. 

Boletim FPBX/0002 - Prestando contas

O XXV Campeonato Paraibano de Xadrez 2017, realizado na Fundação Casa José Américo de Almeida, teve um total de Receita de R$ 3.160,00 (três mil cento e sessenta reais), sendo R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais), como doação do amigo do xadrez paraibano, Dr. Luis Flávio Paiva, e R$ 660,00 (seiscentos e sessenta reais) de 15 inscrições pagas/creditadas, sendo 8 de R$ 30,00 e 7 de R$ 60,00. 

Já as Despesas foram de R$ 3.248,00 (três mil duzentos e quarenta e oito reais), com um saldo negativo de R$ 88,00, para a conta da Federação Paraibana de Xadrez. 
Foram pagos R$ 1.600,00 (hum mil e seiscentos reais) de premiação, R$ 568,00 (quinhentos e sessenta e oito reais) de taxas CBX/FIDE, R$ 500,00 (quinhentos reais) de arbitragem, ; R$ 240,00 (duzentos e quarenta reais) serviço de limpeza e manutenção; R$ 130,00 (cento e trinta reais) medalhas; R$ 110,00 (centos e dez reais) aluguel de mesas/cadeira R$ 100,00 (cem reais) despesas gerais (café, água, bolacha). 

João Pessoa, 11 de dezembro de 2017 - Petrov Ferreira Baltar - Presidente FPBX  

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

A fé nos trará frutos!

       O homem que tem fé tem a vontade de querer e a certeza de que essa vontade pode realizar-se. Estamos confiantes de que 2018 vai ser um ano próspero para o xadrez paraibano. A meta da Federação Paraibana de Xadrez é um verdadeiro desafio diante da nossa realidade, mas com fé, muita fé, bastante fé, todos nós que amamos o xadrez, vamos colher os frutos. A interiorização e o fortalecimento do xadrez nas escolas públicas e privadas  de todo o Estado são desafios que serão conquistados pela força da fé! Feliz Natal e um Próspero Ano Novo!

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Eleições na FPBX

FPBX - Edital de Convocação Nº 002/2017 Assembléia Geral Ordinária



O Presidente da Federação Paraibana de Xadrez, no uso de suas atribuições Estatutárias (art.24), convoca os Senhores Membros da Diretoria e Entidades Filiadas: Cooperativa Cultural Universitária da Paraíba (CODISMA) e Esporte Clube Cabo Branco (ECCB), ambas com sede Nesta Capital, para se reunirem e participarem da Assembléia Geral Ordinária (AGO), que será realizada no dia 5 de janeiro de 2018, às 17h00, tendo como local o Esporte Clube Cabo Branco, localizado na Rua Cel. Souza Lemos, s/n, Miramar, CEP 58033-455 Nesta Capital, a fim de deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: (a) Informes da Presidência; (b) Inscrições de chapas para os poderes da FPBX, prazo de 08 (oito) dias a contar de 19 de dezembro de 2017 (artigo 17 do Estatuto); (c) Leitura e apreciação da Ata Anterior; (d) Apreciação das contas do exercício 2017, acompanhados do Parecer do Conselho Fiscal; (e) Eleição e Posse do Presidente, do Vice-Presidente e Membros do Conselho Fiscal; (f) Homologação dos demais Membros da Diretoria e data da posse. Obs: A Assembléia Geral instalar-se-a em primeira convocação com maioria absoluta do Colégio Eleitoral, e em segunda convocação meia hora após para deliberar com quaisquer números de eleitores João Pessoa-PB, 19 de dezembro de 2017. PETROV FERREIRA BALTAR/PRESIDENTE.

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Chegando em Pedras de Fogo!

A parceria da Federação Paraibana de Xadrez com a Prefeitura de Pedras de Fogo vai, em breve, se tornar uma realidade. A conversa que tivemos no último sábado, em Juripiranga, com Edillon da Silva Lima (foto), o enviado especial do prefeito Derivaldo Româo dos Santos, foi bastante proveitosa. Estamos agendando uma data no primeiro semestre de 2018 para a realização de evento enxadrístico no Casarão da Cultura daquela cidade. Antes porém, iremos visitar o Prefeito, para definirmos a programação. A grande meta é atingir o alunado das escolas da cidade. E pela conversa com Edillon Lima isso será plenamente possível. (FM) 

domingo, 17 de dezembro de 2017

Circuito FPBX de Xadrez Rápido - Etapa II - REGULAMENTO


R E G U L A M E N T O


1) LOCAL, DATA E HORÁRIO

Local: Clube Cabo Branco
Av. Cel. Souza Lemos - Miramar, João Pessoa (PB)

Data: 14 de janeiro de 2018
Horário: A partir das 14:00 horas

2) ORGANIZAÇÃO, DIREÇÃO E ARBITRAGEM

Organização: Federação Paraibana de Xadrez (FPbX)
Direção: Fernando Melo
Arbitragem: AR Ivanilson Pereira Silva

3) OBJETIVOS

O evento é a Etapa II do Circuito de Xadrez Rápido FPBX – Um por todos, todos por um, que visa fortalecer o xadrez paraibano, a partir da sua interiorização e do cadastramento dos seus enxadristas na FPBX, através de 6 Etapas e uma Final de Torneios de Xadrez Rápido, válidos para a formação e movimentação do ELO RPD (CBX e FIDE).

O Circuito será composto das seguintes Etapas:

Etapa I – Campina Grande (novembro/2017)
Etapa II – João Pessoa (janeiro/2018)
Etapa III – Esperança (fevereiro/2018)
Etapa IV – Conde (abril/2018)
Etapa V – Bananeiras (junho/2018)
Etapa VI – Patos (setembro/2018)

Final – Alagoa Grande (novembro/2018)

4) SISTEMA, RITMO DE JOGO E EMPARCEIRAMENTO

Sistema: Suíço em 6 rodadas
Ritmo: 10'+5'' (Prioritariamente) ou 15' KO
Programa de Emparceiramento: Swiss Manager

5) CRITÉRIOS DE DESEMPATE

1º - Confronto Direto (Código 11)
2º - Buchholz com corte do pior resultado (Código 37)
3º - Buchholz sem corte (Código 37)
4º - Sonneborn-Berger (Código 52)
5º - Maior número de vitórias (Código 12)

6) PROGRAMAÇÃO

13h40min - Congresso Técnico
14h00min - Rodada I
14h40min - Rodada II
15h20min - Rodada III
16h00min - Rodada IV
16h40min - Rodada V
17h20min - Rodada VI
Premiação e encerramento logo após o término da VI rodada

7) PREMIAÇÃO

O vencedor de cada etapa do Circuito receberá Troféu de Campeão, enquanto os segundo e terceiro lugares receberão medalhas.

Os campeões de cada etapa estarão classificados para a FINAL, em Alagoa Grande, no mês de novembro de 2018, quando haverá premiação em dinheiro, ainda a ser definida, em função da arrecadação com as etapas do Circuito e dos patrocínios eventualmente conquistados.

IMPORTANTE: No caso de existir um mesmo campeão em mais de uma Etapa do Circuito, as vagas correspondentes para a FINAL serão destinadas para aqueles vice-campeões que tiverem mais pontos acumulados em todas as 6 etapas do Circuito, prevalecendo, em caso de empate nessa pontuação, aquele que participou da Etapa mais antiga.

8) VAGAS, INSCRIÇÃO E CADASTRO CBX

Número de Vagas: Limitadas a 50 (cinquenta) participantes.

Inscrições:

Adulto Absoluto, o valor é de 30 reais e com direito ao cadastro na FPBX. Quem já for cadastrado, o valor será de 20 reais.

Sub 18 Absoluto, o valor é de 20 reais e com direito ao cadastro da FPBX. Quem já for cadastrado, o valor será de 10 reais. 

Forma de Inscrição:

Depósito bancário na conta da Federação Paraibana de Xadrez:

Banco do Brasil
Agência 3502-5
Conta Corrente: 17.388-6

Após efetuar a inscrição, enviar comprovante do depósito para o email melofernandoantonio@gmail.com, informando o nome completo, a data de nascimento e número de telefone para contato.

O pagamento da inscrição também poderá ser feito no local do torneio, até às 13 horas.

Cadastro CBX: Todos os participantes deverão estar cadastrados na CBX, até o dia do torneio. O cadastro de enxadristas sem IDCBX deverá ser feito no site da CBX, http://www.cbx.org.br.

Para fins de participação neste torneio, o pagamento da anuidade da CBX é facultativo para o jogador que estiver cadastrado na CBX e ainda sem a quitação dessa taxa.

9) PEDIDOS DE BYE AUSENTE

Os pedidos de bye ausente, apenas para a primeira rodada, com 0,5 ponto, serão recebidos até às 13:00 horas do dia do evento, se solicitado por meio do telefone de contato aqui divulgado.

10) MATERIAL DE JOGO

O jogador condutor das peças brancas deve apresentar o jogo de peças tamanho oficial, enquanto o condutor das peças negras deve apresentar o relógio em perfeito estado. 

11) COMITÊ DE APELAÇÃO

Durante o Congresso Técnico será formado o Comitê de Apelação, a ser constituído por três membros, sendo um presidente e dois membros titulares, além de dois suplentes. Eventual recurso contra decisões da arbitragem deverá ser formulado, por escrito, ao Comitê de Apelação, no prazo máximo de 10 minutos contados do término da rodada que ensejou o episódio questionado, mediante caução de R$ 50,00 (cinquenta reais), cuja devolução ao recorrente dependerá do provimento do recurso, pelo Comitê.

12) CONSIDERAÇÕES ESPECIAIS

i. Para fins de emparceiramento serão considerados os possuidores, nessa ordem, de ratings Elo FIDE RPD, Elo FIDE STD, Elo CBX RPD e Elo CBX STD, nessa ordem. Aqueles sem nenhum Elo, serão classificados em ordem alfabética;

ii. Durante a partida, é proibido ao jogador portar celular e/ou outro meio eletrônico de comunicação ou qualquer outro dispositivo capaz de sugerir-lhe lances na área de jogo. Se for evidente que o jogador trouxe tais equipamentos eletrônicos para o ambiente de jogo, deverá perder a partida. O oponente deverá vencer. Será permitido, entretanto, armazenar telefone celular em uma bolsa do jogador, desde que o dispositivo esteja completamente desligado. O jogador, contudo, está proibido de carregar a bolsa tendo consigo tal dispositivo, sem a permissão do árbitro;

iii. Durante a rodada será proibido ao jogador se ausentar do ambiente de jogo sem a autorização do árbitro;

iv. Serão terminantemente proibidas as análises post mortem na área de jogo;

v. Será expressamente vedada bebida alcoólica e fumo dentro da área de jogo;

vi O 'ambiente de jogo’ é composto por todas as dependências internas do Clube Campestre. A área de jogo' é o lugar onde as partidas da competição serão disputadas.

vii. No torneio não será aplicado o Apêndice G das Leis de Xadrez da FIDE, atualmente em vigor.

13) CONTATO

Fernando Melo
E-mail: melofernandoantonio@gmail.com
Fones: (83) 998257086 (TIM); (83) 32262685 (residencial)

14) DIVULGAÇÃO DO TORNEIO



15) DISPOSIÇÃO FINAL

A inscrição neste torneio implica plena aceitação deste regulamento.

João Pessoa (PB), 14 de dezembro de 2017.

FERNANDO MELO

DIRETOR

Confraternização!

Após o término da segunda partida ( num total de quatro) da Final da II Copa Caldas Vianna, na manhã de ontem, em Juripiranga, o prefeito Paulo Dália recebeu a delegação pessoense para um almoço em sua residência.

Meu maior sonho....

... É QUE UM DIA, TODAS AS ESCOLAS, PÚBLICAS E PRIVADAS DO ESTADO DA PARAÍBA POSSAM TER O ENSINO DO XADREZ ENTRE SEUS ALUNOS.
A FPBX VAI LUTAR POR ISSO! (FM)

É bom saber!


Circuito FPBX - 2ª Etapa

NÃO DEIXE DE LER O REGULAMENTO DESTE CIRCUITO PUBLICADO NO DIA 14 DE OUTUBRO NESTE BLOG.

Será no Esporte Clube Cabo Branco
Bairro de Miramar 
João Pessoa - Paraíba

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Xadrez nos Jogos Escolares em 2018

















(Notícias em destaque no site da CBX)

Como todos sabem alguns esportes e o xadrez sendo um deles estava ameaçado de não estar nos Jogos Escolares realizados pelo COB e Ministério dos Esportes. A crise econômica que afetou o país e a falta de patrocínios pelo COB e ME para as etapas dos Jogos Escolares nos últimos anos fez com que em vez de duas etapas ficasse concentrado para um local as duas  categorias do JEJ's. A CBX recebeu várias consultas no ano pelos enxadristas e por todas a comunidade do xadrez escolar (professores, escolas, etc.) e através do trabalho contínuo de esclarecimento constante do nosso esporte no ambiente escolar pode manter o xadrez no JEJ's. Sem dúvida uma vitória para a nossa modalidade.

Representantes do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Confederações Brasileiras e Gestores Estaduais estiveram em Porto Velho, Rondônia, de 4 a 6 de dezembro, para através de debates, avaliar as atividades deste ano dos Jogos Escolares e planejar para a etapa única de 2018. Participaram representantes de 19 Estados e de 14 Confederações, quando foram definidos os regulamentos e planejamentos para 2018.

A CBX escolheu para representá-la o AI Máximo Igor Macedo, do Rio Grande do Norte, que além de nos últimos anos ser um dos principais áritros e coordenadores no JEJ's,pela CBX ter sido Árbitro na última Olimpíada, ser um dos melhores árbitros do país e também tem feito excelente trabalho no xadrez escolar em sua região.

Na foto podemos ver a mesa de reunião com destaque do representante da CBX, AI Máximo Igor Macedo ao lado do coordenador geral do COB para os JEJ's, Sr. Edgar Hubner.




Os 10 da Paraíba

A Federação Paraibana de Xadrez informa os 10 maiores ELO/FIDE do Estado, considerando os que estão  em plena atividade. São eles:


1 - MF Luismar Brito - 2317 
2 - MF Francisco Cavalcanti - 2244
3 - MN Paulo Barbosa - 2237
4 - Douglas Torres - 2166
5 - Doriedson Lemos - 2131
6 - MF Roberto Andrade - 2126
7 - Arthur Olinto - 2113
8 - Rafael Wanderley - 2105
9 - Luiz Tomaz - 2102
10 - Renato Araujo - 2087

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

II Etapa Circuito FPBX

Já está registrado na CBX - Confederação Brasileira de Xadrez, a 2ª Etapa do Circuito FPBX - Um por todos, todos por um, o qual será realizado em João Pessoa, mais precisamente no Esporte Clube Cabo Branco, na tarde do dia 14 de janeiro de 2018. Serão 6 rodadas com 15 minutos nocaute e vale Rating FIDE Ativo. A inscrição é de 30 reais. Cadastrado na Federação Paraibana de Xadrez paga 20 reais. Sub 18, 20 reais e cadastrado 10 reais. Garanta sua vaga, faça logo sua inscrição.
Não deixe de ler o Regulamento do Circuito, que foi publicado neste blog no dia 14 de outubro. E lembre-se sempre: Juntos somos mais fortes! 

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Torneio em Frei Martinho


A Federação Paraibana de Xadrez deseja todo sucesso aos dirigentes e participantes do V Torneio Freimartinhense de Xadrez - Master Masculino 2017, que será realizado no dia 17 deste mês de dezembro, na cidade de Frei Martinho, a 257 km de João Pessoa.
  Juntos somos mais fortes!

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Concurso de Frases sobre Xadrez

O Xadrez é algo mais do que um jogo; é uma diversão intelectual que tem um pouco de Arte e muito de Ciência. É , além disso, um meio de aproximação social e intelectual.
(José Raul Capablanca)

Petrosian sabia detectar e afastar o perigo vinte jogadas antes que este surgisse.
(Bobby Fischer)




ATENÇÃO: Vamos realizar um Concurso para os enxadristas paraibanos cadastrados na Federação Paraibana de Xadrez. Mande uma frase (tem que ser de sua autoria) para o e-mail: melofernandoantonio@gmail.com. Será formada uma Comissão de três membros que irá julgar a melhor frase. As 10 primeiras (num total de 30 frases) serão encaminhadas à Comissão. Esta indicará a melhor das 10, e assim sucessivamente, até termos três frases escolhidas.
Uma vez conhecida essas três frases, caberá aos paraibanos indicar a frase vencedora. O seu autor receberá o prêmio de 100 reais e mais uma medalha. O Concurso vai até o dia 20 de fevereiro. A entrega do prêmio será na cerimônia de encerramento do Memorial Bobby Fischer, no dia 18 de março.
Uma iniciativa da Federação Paraibana de Xadrez.
Juntos somos mais fortes!

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Paraíba feminina ficou de fora!


A Paraíba, nos Jogos da Juventude 2017, na modalidade de xadrez feminino (15 a 17 anos), foi o único Estado da Federação que ficou de fora! Todos nós sabemos que o Brasil é formado de 26 Estados e o Distrito Federal. Abrindo o Chess-Results, vejo a relação dos Estados participantes do Pensado Feminino. Apenas a Paraíba não consta. Vou procurar me informar o que aconteceu.

 Os Jogos da Juventude, o maior evento esportivo do Brasil, tem este ano Brasilia como sede. São cerca de 15 modalidades esportivas em disputa, incluindo o xadrez. Foi iniciado no dia último dia 16 e se encerra dia 25. No xadrez (que foi encerrado no dia 19) tivemos Vinicius da Silva Alves, de Guarabira, representando a Paraíba!(FM)  

domingo, 19 de novembro de 2017

Circuito FPBX - João Pessoa



A 2ª Etapa do Circuito FPBX - Um por todos, todos por um ( circuito contando com seis etapas),  será em João Pessoa, mais precisamente no Esporte Clube Cabo Banco, em sua sede no bairro de Miramar, na tarde do dia 14 de janeiro (domingo), começando às 14 horas. Serão 6 rodadas com 15 minutos nocaute e vale Rating FIDE Ativo. A inscrição é de 30 reais. Cadastrado na Federação Paraibana de Xadrez, paga 20 reais. Sub 18 paga 20 reais e cadastrado,  10 reais. 

Como sabemos, a 1ª Etapa foi realizada no último dia 15, na cidade de Campina Grande, no ginásio do Clube Campestre e teve como vencedor o pessoense Luiz Antonio Tomaz, que está classificado para a Fase Final, que será realizada em Alagoa Grande, em novembro de 2018. 

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Boletim FPBX/ 001: prestando contas

Na condição de diretor do Circuito FPBX - Um por todos, todos por um - , informo que a 1ª Etapa, realizada em Campina Grande, no último dia 15 de novembro, reuniu 26 jogadores. Desses, 24 pagaram 20 reais por inscrição, e 02 pagaram 10 reais, somando assim 500 reais de receita. A despesa foi oriunda das duas taxas pagas à CBX/FIDE nos valores de 100 reais e 104 reais *(taxa de  torneio/ativo e taxa por cada jogador) somando 204 reais. Portanto, a FPBX teve uma receita líquida de  296 reais. Não está computado nessa prestação de contas os valores que novos jogadores (10 reais anual/por jogador) pagaram para o cadastro na FPBX, mas o interessado pode saber no painel que é atualizado todo domingo no blog da Federação Paraibana de Xadrez. 

* Os 104 reais serão depositados na conta da CBX logo que chegue o boleto.

Fernando Melo, Diretor do Torneio.

Todos na foto!

VALEU A ESPERA! FORAM DIAS DE EXPECTATIVA, OLHANDO PARA O CALENDÁRIO, QUERENDO VER O DIA CHEGAR LOGO. CERTA ANSIEDADE. O CUIDADO PARA TUDO CORRER BEM, MESMO SABENDO QUE PODIA ACONTECER ALGUM IMPREVISTO, COMO DE FATO OCORREU, POIS, MESMO RESSALTANDO O EXCELENTE NÚMERO DE PARTICIPANTES DE CAMPINA GRANDE, NO GERAL,  CONTÁVAMOS COM UM NÚMERO BEM MAIOR DE ENXADRISTAS, INCLUSIVE DE CIDADES VIZINHAS À CAMPINA GRANDE E MESMO DE JOÃO PESSOA, QUE NÃO FOI O NÚMERO IDEAL PELAS NOSSAS PREVISÕES. MAS ISSO É PERFEITAMENTE NORMAL E O QUE IMPORTA É QUE O CIRCUITO CAMPINA GRANDE FOI UM SUCESSO. O PONTA-PÉ INICIAL FOI DADO E A PRÓXIMA ETAPA SERÁ EM JOÃO PESSOA, NO DIA 14 DE JANEIRO DE 2018, UM DOMINGO, NO ESPORTE CLUBE CABO BRANCO. A FOTO REGISTRA A PRESENÇA DOS 26 JOGADORES, ALÉM DO DIRETOR E DO ÁRBITRO! 

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Os vitoriosos!

A Federação Paraibana de Xadrez (representada por Fernando Melo e Ivanilsom Pereira), o campeão Luiz Antonio Tomaz (representando os jogadores) e o Clube Campestre, representado pela gerente Cidinha, foram, na verdade, os grandes vitoriosos desse I Circuito FPBX - Etapa Campina Grande.
Um passo histórico nessa caminhada pela interiorização do xadrez paraibano.
Juntos somos mais fortes!

Café São Braz apoia o Xadrez

Todo enxadrista, principalmente quando está concentrado numa partida de torneio, adora tomar um cafezinho! Isso é aqui e alhures. E quando se trata do café São Braz, até parece que a inspiração aumenta e o jogador volta ao tabuleiro com mais energia. Daí a nossa felicidade do Clube Campestre, através do seu presidente Alex Marcolino, ter feito essa parceria com o
 Café São Braz, e assim servir os participantes desse I Circuito FPBX - Etapa Campina Grande.

Realizado Circuito FPBX - Campina Grande

Dirigentes do Circuito em Campina Grande: Fernando Melo e Ivanilsom Pereira
Com a participação de 26 enxadristas, sendo 19 de Campina Grande, 5 de João Pessoa, 1 de Alagoa Grande e 1 de Baraúnas, foi realizado ontem, 15 de novembro, no Clube Campestre, a 1ª etapa do I Circuito FPBX - Um por todos, todos por um, valendo Rating-FIDE Rápido, com 6 rodadas e 15 minutos nocaute (10m+5s). A direção foi de Fernando Melo e arbitragem do AR Ivanilsom Pereira. A gerente do Clube Campestre, Laudeci Simões(Cidinha), representou o presidente Alex Marcolino, na cerimônia de encerramento.

A classificação final ficou assim conhecida:
Fernando, Tomaz e Cidinha

1º) Luiz Tomaz, 6 em 6, 2º) Rafael Wanderley, 5, 3º/8º) Evandro Rodrigues, Thiago Ribeiro, Fagner Lima, Doriedson Lemos, Antonio Gomes, João Tejo, todos com 4 pontos, 9º/11º)  Fabson Palhano, Robson Pequeno, Lincoln Oliveira, todos com 3,5 pontos,  12º/16º) Antonio Dutra, André Luis, Antonio Sobral, Francisco Neris, Hamilton Nobrega, todos com 3 pontos, 17º) Rodrigo Canonico, 2,5, 18º/24º)  Vinicius Canonico, Eny Moura, José Leonardo, Genildo Gomes, Marcos Oliveira, José Arimateia, Adalberto Monteiro, todos com 2 pontos, 25º)  Marcelino Maciel, 1 ponto, 26) Artur Santos não pontuou.     
Dirigente e jogadores do Circuito FPBX, Etapa de Campina Grande, no Clube Campestre 

terça-feira, 14 de novembro de 2017

É amanhã!

I Circuito FPBX - Um por todos, todos por um!


no Clube Campestre
em Campina Grande
15 de novembro
às 14 horas

sábado, 11 de novembro de 2017

Um belo troféu!



O vencedor do I Circuito FPBX - Um por todos, todos por um, etapa Campina Grande, vai levar para casa esse rico e belo troféu (foto), numa doação do presidente do  Clube Campestre de Campina Grande, Alex Marcolino.


O torneio, que valerá Rating FIDE-Ativo, será realizado no ginásio do Clube Campestre na próxima quarta-feira , 15 de novembro, feriado da Proclamação da República, e reunirá enxadristas de várias cidades da Paraíba. 


A direção é de Fernando Melo e arbitragem do AR Ivanilsom Pereira. Veja Regulamento no fpbxadrez.blogspot.com.br. As inscrições se encerram às 13 horas do dia 15, no local dos jogos. A primeira rodada, num total de 6, começa, impreterivelmente às 14 horas, com o tempo de 15 minutos nocaute, ou 10m+05s.